deusa matuta

é inverno aqui
onde me encontro agora
longe de ti. ainda assim
fecho meus olhos frente ao fogo
e consigo te imaginar nua de pantufas
na cozinha
fritando ovos e preparando
um copo de Rum para o nosso desjejum
enquanto o gato pálido e arrepiado
ainda acordando
observa
com atenção seus movimentos,
e é maravilhoso
mesmo quando acordo com fome
sem nada para comer,
muito menos
você.

Um comentário sobre “deusa matuta

Os comentários estão desativados.