tocando uma

olho para o outro lado da rua
sorriso ainda no rosto
acabou de acontecer
sinto-me bem
extremamente
bem, enfim relaxado
contudo
um pouco surpreso
quem sabe até
encabulado
sim
encabulado

do outro lado da rua
olhando fixamente para mim
uma menina
doze anos, aproximadamente
morena
vestido florido
tiara vermelha
no curto cabelo
pernas grossas
pés descalços
paralisada
fixa em mim
não sei se viu tudo ou
se chegou no fim
a sensação é estranha
estou sozinho
pelado
sentado na cama desarrumada
e a menina
continua a me encarar

vou ao banheiro
visto-me
vou para cozinha fazer café
transtornado
transtornado
saio do hotel
com uma cadeira em mãos
atravesso a rua
e jogo
com todas minhas forças
a cadeira na vitrine
depois disso
regozijo-me
ateando fogo no maldito manequim
que meu viu tocando uma
serenata
pelado.